domingo, 13 de novembro de 2016

13 de Novembro - Um Ano Passou

Passou um ano. O raio de um ano desde dos ataques que abalaram não só Paris mas também o Mundo. Claro que Paris foi quem sofreu mais, sem dúvida. O que me espantou foi ver que todo o Mundo sofreu junto. No meu jantar de família, fui eu que lhes disse as notícias mas apenas depois de ter olhado durante 5 minutos para o telemóvel depois de ter recebido a notícia (Obrigada, Vodafone, és a maior). Eu não conseguia acreditar no que estava a ler. Não era o meu país mas eu senti-me triste, senti uma dor no meu coração (talvez eu seja diferente, talvez eu seja demasiado ligada ao países estrangeiros, talvez eu me importe demasiado com pessoas que não conheça em países para além do meu, talvez eu não olhe apenas para o meu umbigo). 

França tinha sofrido no dia 7 de Janeiro com o ataque na sede do jornal Charlie Hebdo mas nós podíamos prever o que ia acontecer no dia 13 de Novembro do ano passado. Foi um choque para todos nós e apesar de alguns não se terem importado tanto, eu sim. A França e a Bélgica foram os dois países europeus que sofreram este tipo de ataques em 2016 e isso não faz disso okay. Nós não devíamos ligar as notícias e ver que outro ataque aconteceu e mudar de canal como se nada tivesse passado simplesmente porque isso se repetiu no mês passado. Nada faz acordar e ver este tipo de notícias bem. 

O meu amor e respeito para todas as famílias e pessoas afectadas. Para as vítimas e as suas famílias. Para as pessoas que conseguiram escapar mas o pesadelo ficou gravado nas suas mentes. Para as pessoas que ainda choram pelos seus amados. Para os anjos que agora nos veem de onde quer que eles estejam. Para todas as pessoas afectadas, mesmo por um bocadinho, pelo que se passou. O dia 13 de November marcou o início de uma série de ataques em França em 2016. 


Não devíamos passar por este dia, especialmente no seu primeiro aniversário, e fingir que nada aconteceu. Aconteceu! Pode não ter-te afectado directamente nem pessoalmente mas afectou os teus amigos europeus. Nunca seremos uma família se não começarmos a agir como uma. Só porque um ano passou, ainda não faz com seja normal. 


(Torre de Belem, Lisboa, Portugal)

Sem comentários:

Enviar um comentário